Archive for the 'Fotografia – Flickr' Category

13
maio
14

Eu curto, tu curtes, ele curte – Curto Café

curtocafe

Beber café pode ser uma necessidade, uma espécie de folha de coca urbana. Porém, quando apreciamos seus aromas ou degustamos seu amargor, o café é uma arte. Existem aqueles que conseguem juntar a necessidade da cafeína com a capacidade de apreciar um bom café. Outros ainda, vão mais além…

Certa vez li, ouvi ou imaginei uma história que explicava a relação das mulheres com os salões de beleza. Na realidade, essa história é apenas um versão dos fatos muito válida que ajuda a relativizar essa imagem puramente fulgaz.

Aos homens e às mulheres não-adeptas ao salão de beleza: Imaginem um lugar onde você possa falar sobre tudo que você tem vontade, acrescente pessoas queridas que estão ali “somente” para ouvir essas confidências e, ao sair deste lugar, você estará mais bonito(a), informado(a) e auto-confiante.

Para muitas mulheres, esse lugar chama-se salão de beleza, um lugar onde fazer as unhas ou os cabelos é apenas um detalhe. Resumindo, as frequentadoras saem dos salões de beleza como se saíssem de uma bem sucedida sessão de terapia coletiva, o que de fato, é o que acontece. Como é de conhecimento popular, uma ida ao salão de beleza pode renovar a alma de uma mulher!

Mas por que contei essa história? É para lembrar que a primeira vista, nem sempre percebemos o que é o mais importante. E o  Curto Café tem um pouco disso, o excepcional café servido não é o principal. Por favor, me permitam esta viagem; aqui, o café é a moeda que permite as trocas numa rede real de pessoas reais.

Os outros que vão mais além — citados no início no texto –, são os que usufruem do café também como moeda de troca nesta rede viva e intensa.

Devido a dificuldade em continuar usando palavras para contar mais sobre o Curto Café, optei por continuar falando através de imagens. Abaixo, segue um pequeno ensaio fotográfico de 30min no Curto Café, datado de 09/05/2014.

DSC_0888 DSC_0889 DSC_0890 DSC_0892 DSC_0893 DSC_0894 DSC_0895 DSC_0896 DSC_0897 DSC_0898 DSC_0899 DSC_0902 DSC_0903 DSC_0904 DSC_0906 DSC_0907 DSC_0908 DSC_0910 DSC_0912 DSC_0913 DSC_0914 DSC_0916 DSC_0918 DSC_0919 DSC_0920 DSC_0921 DSC_0922 DSC_0923 DSC_0926 DSC_0928 DSC_0929 DSC_0930 DSC_0931 DSC_0934 DSC_0936 DSC_0937 DSC_0939 DSC_0940

DSC_0941

 

 

Creative Commons License

Eu curto, tu curtes, ele curte – Curto Café” por Gutemberg Motta é licenciado sob Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.

Eu apoio:

Support Wikipedia tt
Anúncios
19
jun
12

Soneto da Providência

“No Morro da Providência eu entrei

Esperei a primeira vontade passar, esperei, esperei

Esperei a segunda vontade passar, esperei, esperei

A terceira vontade não segurei

Uma foto com a minha cam eu tirei”

(Livremente inspirado no Convento das Carmelitas de Rogério Skylab)

Com todo o deslumbramento desta vista, além da foto ainda tive inspiração para um soneto. Queria poder só falar da beleza da vida, mas essa foto é apenas a introdução de um assunto mais delicado. Hoje os moradores do Morro da Providência estão sendo tratados sem o menor respeito em processos de remoção sem nenhuma participação da comunidade local por conta de uma Copa do Mundo, de uma Olimpíada e de um tal Porto Maravilha… Aliás, não é só o Morro da Providência que passa por este processo, mas todas as regiões que são consideradas de interesse pela especulação imobiliária.

Será que os princípios pelos quais foram criadas a Copa do Mundo e as Olimpíadas são compatíveis com tudo que está acontecendo para recebê-las, no Brasil e principalmente no Rio de Janeiro? A Lei Geral da Copa que está sendo enfiada goela abaixo do Congresso brasileiro, é um regime de exceção sem data certa para terminar. Os investimos que fazemos hoje em estádios são em detrimento do quê? Dos juros da dívida pública tenho certeza que não é, estes são sagrados!

Creative Commons License

“Soneto da Providência” por Gutemberg Motta é licenciado sob Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.

Eu apoio:

Support Wikipedia
18
maio
09

A bicicleta e o cachorro (The bike and dog)

A bicicleta e o cachorro (The bike and dog), upload feito originalmente por gutemblog.

Incentivado por um amigo, resolvi fotografar esses arrames retorcidos que estavam abandonados na minha mesa do trabalho. Segundo ele, uma arte dadaísta. Com a criação de um fundo infinito, caprichei na calibragem do branco e das sombras para junto do macro chegar a esse resultado final.

Creative Commons License
“A bicicleta e o cachorro (The bike and dog)” por
Gutemberg Motta é licenciado sob
Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.




Categorias