09
ago
08

A trilogia do Zé do Caixão

Entrou em cartaz, nesta última sexta-feita, 08 de agosto de 2008, o filme que conclui a trilogia do Zé do Caixão, iniciada com “À MEIA-NOITE LEVAREI SUA ALMA”(1964) e “ESTA NOITE ENCARNAREI NO TEU CADÁVER”(1967). “A ENCARNAÇÃO DO DEMÔNIO” levou 40 anos para sair do papel e se tornar realidade!

José Mojica Marins é um dos maiores cineastas do Brasil e do mundo. Ficou conhecido como Zé do Caixão pelo personagem criado e interpretado em “À MEIA-NOITE LEVAREI SUA ALMA” e mesmo fora das telas personificou-o. Foi responsável pelo primeiro filme de terror nacional e pelos primeiros efeitos especiais criados para o cinema. Dirigiu, produziu e/ou interpretou mais de 60 filmes. Sua longa biografia pode ser conferida aqui.

Zé do Caixão está sendo redescoberto pelo Brasil, pois lá fora já é consagrado, com homenagens especiais em todo o mundo, desde o Festival de Sundance até a Cinemateca Francesa. Em 2002 teve o lançamento da “Coleção Zé do Caixão“, uma box produzida pela CInemagia, que reúne seus maiores filmes e repleta de extras. Este ano, além da finalização de sua trilogia, está sendo lançada pela Conrad o prelúdio do filme “A ENCARNAÇÃO DO DEMÔNIO”. em quadrinhos, Prontuário 666.

“A ENCARNAÇÃO DO DEMÔNIO” possuí um site primoroso, completo. Todo desenvolvido em Flash, o layout está fantástico. O site tem uma retrospectiva interativa dos outros dois filmes da trilogia, ringtones, papéis de parede, fotos e todo conteúdo que se pode esperar de um filme. Sem dúvidas, trata-se do melhor site já desenvolvido para um filme nacional.

Ontem, fui assistir a estréia do filme. Estava com uma expectativa além da normal, completamente contagiado com o site e com o a avaliação do “Bonequinho Viu” do jornal O Globo. Os personagens da “gangue” do Zé do Caixão são deprimentes… O Zé do Caixão nunca teve uma “equipe”, sempre foi um personagem solitário, esse foi um dos erros do filme. Todas as críticas sobre o filme que li até agora, contam apenas seus pontos fortes. Realmente, existem ótimas cenas no filme, inclusive cenas brutais. Mas duas decepções me abateram. A primeira, foi a ausência de efeitos especiais! Não entra na minha cabeça como que o cara que criou os efeitos especiais, não os fez uso. No momento em que o cinema brasileiro já pode contar com alta tecnologia para esse tipo de intervenção, o mestre do terror abriu mão disso. Segundo, o filme é inferior aos dois anteriores da trilogia, o que não significa que este seja ruim. Confira o trailer abaixo:

Como todas as críticas foram tendenciosamente favoráveis ao filme, tentarei fazer um contra-ponto. Entendo(ou não entendo) que por se tratar de um filme do Zé do Caixão, os críticos estão se inclinando a avaliar positivamente o filme, mas tenho certeza, que se esses mesmos críticos teriam opiniões diferentes se o filme não fosse do Zé do Caixão.

Alternando altos e baixos, o filme deve ser indicado ao seu público alvo. Quem gosta de comédia romântica, não vai gostar de “A ENCARNAÇÃO DO DEMÔNIO”! Agora, quem curtiu “Jogos Mortais“, vai gostar do filme do Zé do Caixão. E deixo a dica, quem ver e gostar, não esqueça! Assista “À MEIA-NOITE LEVAREI SUA ALMA” e “ESTA NOITE ENCARNAREI NO TEU CADÁVER”. Apesar desses serem menos violentos, são obras-primas do cinema!


Creative Commons License

“A trilogia do Zé do Caixão” por
Gutemberg Motta é licenciado sob
Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License
.

Anúncios

6 Responses to “A trilogia do Zé do Caixão”


  1. 1 Tífani
    10/08/2008 às 22:19

    Muito bom post e filme! Na verdade, gostei do filme, e não me importei muito com a falta de efeitos especiais…
    Mas a gangue dele é que mata! O Zé do Caixão se basta! Enfim, apesar disso vale a pena ver.

  2. 2 Ricardo Braga
    25/08/2008 às 09:54

    Infelizmente não consegui assistir ao filme, ficou muito pouco tempo em cartaz e foi muito mal divulgado, tendo uma bilheteria muito ruim na estréia, agora vou esperar sair em DVD ou na NET. Agora duas perguntas, fora os filmes do Zé do Caixão o que você entende de filmes de Terror e Horror? Você assistiu Jogos Mortais e suas continuações?

  3. 3 gutembergmotta
    25/08/2008 às 21:40

    Quando eu tinha 15 anos, eu assisti toda sessão de terror da minha locadora… Depois eu perdi um pouco do interesse sobre o tema. Mas assisti Jogos Mortais, O chamado e alguns filmes de terror recentes. Mas o interesse pelo Zé do Caixão não é apenas pelo terror, é por ser um brasileiro, é por ser um gênio.

  4. 4 Ricardo Braga
    26/08/2008 às 17:13

    Jogos Mortais é muito bom, suas continuações são apenas razoáveis. Não se faz mais filmes de terror como antigamente, filmes como Poltergeist por exemplo que vai ser refilmado. Lembro que quando assisti nem dormi direito. Zé do Caixão tem seus méritos de conseguir fazer filmes de terror no cenário nacional, mas considerar ele um gênio acho um pouco exagerado.

  5. 03/11/2008 às 21:16

    Dá para assistir esse último filme sem ter visto os dois primeiros??

  6. 6 gutembergmotta
    04/11/2008 às 00:55

    Sim! Não atrapalha muito. Mas para entender o filme como um todo, só vendo os dois primeiros.


Comments are currently closed.

Categorias


%d blogueiros gostam disto: